Ainda existe um pensamento equivocado de empresas que utilizam a internet (principalmente o e-commerce, que vive dela) de que números são determinantes para o sucesso de um negócio. Por isso, elas focam seu investimento em marketing digital na busca por mais seguidores, mais visualizações. Porém, será que essa estratégia realmente funciona?

Neste post, queremos falar sobre algo muito mais significativo: o engajamento na loja virtual. Entenda por que ele impacta tanto nas vendas e como aumentar essa interação com o cliente para aumentar a sua taxa de conversão! Confira:

O que é engajamento e como ele impacta nas suas vendas?

É claro que os números são importantes — quanto mais seguidores no twitter, por exemplo, maior é o alcance da sua publicidade. Entretanto, por que, então, tantas empresas estão deixando a publicidade na TV e no rádio, onde alcançam dezenas de milhões de pessoas, para focar em uma fração disso na internet?

O segredo está na palavra engajamento. O hábito de compras do público está se transformando nos últimos anos, em busca de experiências e um relacionamento mais próximo com suas marcas preferidas.

Isso significa que, mais do que atrair o cliente, o e-commerce precisa incentivá-lo a participar para ter sucesso em sua divulgação. O engajamento nas redes sociais é fundamental nesse processo e ele está diretamente ligado à sua taxa de conversão.

Melhor do que falar para 1000 pessoas que não têm tanto interesse é falar para 100 que estão dispostas a curtir, compartilhar e consumir a sua marca de forma espontânea.

Qual a importância da persona para as vendas da sua loja virtual?

Portanto, o que importa para um e-commerce que busca a consolidação no mercado não é falar para o máximo possível de clientes em potencial, mas se comunicar com o perfil certo. A descentralização do mercado para nichos prova isso.

Nesse cenário, a parte mais relevante da sua estratégia de marketing é definir suas buyer personas — perfis semi-fictícios que representam seu público-alvo, com hábitos, gostos, rotinas, informações que vão muito além de um estudo demográfico.

É daí que surgirão suas oportunidades de crescimento. Existem perfis de público que consomem sem interagir tanto — não há problema nenhum nisso. Porém, em muitos casos, essa falta de engajamento na loja virtual é apenas a falta do incentivo certo.

Saber quais redes sociais a sua persona mais utiliza, a linguagem que ele usa, o tipo de mídia que consome, a forma como pesquisa por um produto na internet, todos essas questões afinam a sua estratégia para atingir emocionalmente cada perfil do seu público.

Quais as dicas para engajar clientes em uma loja virtual?

Tendo suas buyer personas definidas, elas serão a origem de sua estratégia de engajamento dentro do marketing digital — o caminho para se tornar conhecido e eficiente em converter na internet. Para começar essa caminhada, nós preparamos 6 dicas que você precisa botar em prática se que engajar e vender mais. Confira abaixo.

1. Incentive a participação do cliente

Como falamos, muitas vezes a passividade do consumidor vem da falta de incentivos pelo e-commerce. São atitudes pequenas, mas que fazem muita diferença, como pedir para que ele avalie um produto, apresentar uma ferramenta para que ele compartilhe sua compra, pedir likes nas redes sociais etc.

Esses elementos são chamados de CTA, ou chamado para a ação. Você vai se impressionar em quantas pessoas passam a interagir com seu conteúdo quando você pede por esse engajamento.

2. Utilize estratégias de e-mail marketing

A automação de mensagens de e-mail marketing é uma das formas mais efetivas para implementar os incentivos acima. Eles podem ser utilizados, por exemplo, para lembrar o cliente de um carrinho abandonado depois de determinado tempo, ou pedir por uma avaliação daquele produto que comprou.

Com o timing certo, é possível aumentar em muito a taxa de conversão e de engajamento na loja virtual. Porém, é preciso lembrar: a linguagem do seu e-mail precisa ser surpreendente e cativante para a sua persona.

3. Ofereça recompensas pelo engajamento

E que tal oferecer algo em troca desse engajamento? Talvez um cupom de desconto na próxima compra, uma vantagem especial no pagamento ou um frete grátis.

Quando o cliente sente que aquela interação vai lhe gerar algum valor, ele tem muito mais chances de participar, compartilhar, e até se tornar fidelizado. Ponha-se sempre no lugar do consumidor e pense no que você gostaria de receber em troca de um like, uma avaliação ou uma recomendação.

4. Não deixe seu cliente falando sozinho

Mais prejudicial para a marca do que não engajar clientes novos é ignorar aqueles que já estão engajados. Não deixe o seu consumidor falando sozinho, seja nas redes sociais ou no seu site. É importante ver que a empresa se importa em responder o consumidor — assim, ele pode se sentir mais incentivado. 

5. Monitore o que dizem sobre sua marca fora da interação direta

Muitos e-commerces se preocupam muito com as interações em seus perfis sociais e se esquecem de que nem toda discussão acontece em seu círculo de influência.

E se um cliente reclamou da sua loja virtual em outra rede social que você não atua? E se uma pessoa tem uma dúvida sobre um produto, mas não citou diretamente a sua arroba?

Existem várias ferramentas de filtros na internet que permitem monitorar o que estão falando da sua marca fora dos canais mais comuns: experiências, reclamações, recomendações, avaliações. Ficar atento a esses comentários é uma forma de criar oportunidades de interação dentro da sua estratégia sem gastar muito.

6. Seja participativo sem ser intrusivo

Resumindo todas as dicas que demos, podemos criar uma estratégia única de comunicação que abraça todas essas ações de engajamento: participe da vida do seu cliente, mas não seja inconveniente.

Isso significa mostrar a importância do diálogo em qualquer situação, participar ativamente dos mesmos círculos de interesse da sua persona e manter contato sempre — como um verdadeiro relacionamento.

Ao mesmo tempo, deve haver um cuidado para não forçar a barra e se tornar uma marca chata e vista com maus olhos pelo público. É uma linha tênue que o e-commerce precisa caminhar, uma que se define conhecendo o seu cliente e sabendo como alcançá-lo.

Portanto, para garantir o engajamento na loja virtual, é preciso definir personas ricas que exemplifiquem o seu público e investir em uma relação emotiva. Ao fazer parte da vida do seu cliente, a interação se torna natural e sua marca vira parte do círculo de confiança dessa pessoa — um laço difícil de ser quebrado.

Que tal começar a praticar isso agora mesmo? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e comece a interagir com seu público! 

Profit-e
Escrito por Profit-e